Superação: Conheça pessoas incríveis que passaram pelo InovAtiva Brasil

O único caminho para o sucesso é superar a si mesmo todos os dias, assim é que nascem os vencedores

O programa InovAtiva está rodeado de histórias de superação. Em meio a tantos cases de sucesso que já foram mostrados pelo programa existem muitas histórias de luta, persistência e dedicação. Inúmeros empreendedores batalharam e acreditaram que, em meio às dificuldades, um dia o sonho de ver suas startups crescerem se tornaria realidade. O programa InovAtiva conversou com alguns startapeiros que passaram por momentos delicados e conseguiram vencer.

Conheça estas histórias

Paulo Santos da Teaching Hand


O projeto da Teaching Hand foi criado em 2014 quando Paulo Santos, CEO da empresa, e mais dois estudantes com deficiência auditiva participaram de um evento voltado para empreendedorismo de alto impacto. Eles se reuniram e criaram uma plataforma educacional voltada para o ensino da Língua Portuguesa a crianças surdas. A empresa foi lançada durante o Startup Weekend Education Maceió e conquistou o primeiro lugar por ser a primeira equipe de surdos a participar do evento.

Mesmo diante da descrença de muitas pessoas, em junho de 2015, o CEO e sua equipe encararam mais uma competição, agora no INOVA SENAI, ficando com o terceiro lugar. “À medida que fomos conquistando espaço, procuramos não pensar na nossa deficiência como uma dificuldade, tentamos mostrar em cada competição que somos iguais e capazes de empreender como todos”, ressalta Paulo.

O time partiu em busca de novos horizontes que os levassem a empreender e inovar em prol das diferenças linguísticas para os surdos. Conquistaram o primeiro lugar no Concurso Internacional Apps.edu e atualmente estão no ciclo de aceleração 2017.2 do InovAtiva Brasil. Kathia Rebelo, coordenadora da Incubadora Empresarial Tecnológica do Centro Universitário Cesmac (IET Cesmac), conheceu Paulo quando ele recebeu apoio da incubadora e revela admiração que tem pelo rapaz. “Paulo não precisa da fala para se destacar. É desenvolto, comprometimento, tem espírito de liderança, curioso, responsável e simpático. Acredito que irá longe nessa vida”.


Alex Malmann da Porthal Sistemas


Em 2015, durante a fase final da graduação, o empreendedor Alex Malmann participou de um processo de incubação com sua empresa, Porthal Sistemas, no Parque Tecnológico do Pampa (PampaTec), em Alegrete-RS. A startup criou um sistema de gerenciamento de notas fiscais eletrônicas (NFe), facilitando a rotina dos departamentos financeiros das empresas de pequeno e médio porte. Foram quase três anos de investimento nesse novo projeto, no qual enfrentou diversas dificuldades. “Por muitas vezes, nos primeiros anos, passamos por momentos ruins, principalmente pela falta de planejamento do negócio e por tomada de decisões erradas, tanto na gestão como nas escolhas das tecnologias utilizadas no produto”, comenta Alex.

O empreendedor colocou como meta de crescimento a participação InovAtiva Brasil. Foram duas tentativas em 2016, mas não tiveram êxito. Em 2017 a Porthal Sistemas participou do programa e ficou entre as finalistas, chamando a atenção de alguns investidores. “Na primeira tentativa não fomos selecionados, na segunda tentativa fomos selecionados, porém não chegamos à final. Com muito esforço, na terceira tentativa, ficamos entre as startups com maior potencial de crescimento e inovação do Brasil”, comemora.


Flávio Carvalho da eMercado


A empresa eMercado também passou por momentos difíceis no início de sua estruturação comercial. Flávio Carvalho, CEO da empresa, revela que a maior dificuldade foi traçar o modelo de negócio e como se portar com um possível cliente. ”Nossa equipe técnica e eu sentamos durante horas para encontrar uma saída, pois nossas contas precisavam ser pagas. Mesmo com essas dificuldades, acreditamos que daria certo”, comenta. A startup desenvolveu um aplicativo que divulga as melhores ofertas de supermercados. Com a solução, os usuários substituem as velhas listas de compras e ainda economizam sem perder muito tempo fazendo pesquisas de preço.

O InovAtiva Brasil foi uma luz no fim do túnel para o empresário. Após participar duas vezes do programa e não conseguir avançar da primeira fase, os conselhos dos mentores e os ensinamentos dos cursos foram colocados em prática. No ciclo 2017.1 a empresa foi um dos destaques ficando entre as 14 startups entre todas as finalistas do ciclo. “Cada etapa em que não conseguimos seguir em frente no programa, nos reuníamos e colocávamos em prática tudo que aprendemos lá. Depois de muito tentar, chegamos até a última fase. Desde então, temos colhido bons frutos”, finaliza.

A cada ciclo de aceleração conhecemos centenas de empreendedores com suas histórias de luta e superação. E você? Tem superado suas dificuldades a cada dia? Continue perseverando com foco e garra, pois o único caminho para o sucesso é superar a si mesmo todos os dias, assim é que nascem os vencedores.

Compartilhar