Startup de Campinas se destaca com trabalho de tecnologia em plasma

Startup trabalha com uma tecnologia de ponta e chamou a atenção de investidores no Demoday

A Surface, de Campinas-SP, é pioneira em tratamentos de superfícies em plasma no Brasil. O trabalho da startup tem como base o desenvolvimento de equipamentos tecnológicos de alto nível em adesivação. A empresa também realiza o teste de funcionamento do produto com o apoio de universidades e centro de pesquisa, por meio de uma cooperação científica. Atualmente, a startup está em estágio de validação do produto e se conectando a grupos de investidores.

O material utilizado pela startup é um tipo de plasma em estado energético que o gás atinge – neste caso ar comprimido – e que pode ser combinado com energia elétrica com padrões, potência, frequência e formato específicos. O plasma, ao entrar em contato com superfícies, transfere uma energia e o material muda suas propriedades de adesão, podendo ser adesivados ou pintados após o tratamento. A inovação faz uso de uma tecnologia seca e sem contato já que não possui descarte e não polui, tendo em vista que o insumo consiste apenas em ar comprimido e energia elétrica.

Durante sua passagem pelo InovAtiva Brasil, a Surface conseguiu expandir seu networking e ter um preparo para se aproximar de possíveis investidores, como destaca Bruno Bellotti, CEO da empresa. “Ficar entre as finalistas no programa fez com que crescesse o assédio com nossa startup, criando um interesse no nosso negócio. O programa nos aproximou de investidores e fez crescer nossa rede de contatos. Vale ressaltar o preparo que recebemos para agir nessas situações”, relembra.

As informações obtidas nas mentorias, durante a aceleração, ampliaram novos horizontes para a empresa. “Tivemos contato com mentores renomados e cursos essenciais. Pudemos organizar melhor a forma de trabalho da empresas e focar no nosso plano de negócio. Hoje estamos bem mais estruturados. O InovAtiva Brasil certamente abriu portas que estavam ocultas para nossa empresa”, comenta o CEO.

Atualmente a Surface trabalha para continuar crescendo no mercado e tem recebido propostas de investimento de grupos nacionais e internacionais. A empresa continua em busca de novos recursos e meios de aprimorar seus serviços, aproximando de seu público-alvo.

Compartilhar