Startups são selecionadas para imersão em Buenos Aires

MDIC, Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec vão levar 15 empresas inovadoras para vivenciar o ecossistema de inovação argentino

Iniciativa conjunta do MDIC, Apex-Brasil, SEBRAE e Anprotec selecionou 15 startups que passarão uma semana de imersão no ecossistema de inovação de Buenos Aires entre os dias 7 e 13 de outubro. Segundo o Secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, a internacionalização do ecossistema brasileiro de startups tem ganhado relevância na agenda de diversas instituições no País. “Precisamos incentivar que startups brasileiras nasçam tendo em vista o mercado mundial e desenvolvam soluções e modelos de negócios para atenderem desafios globais”.

Os principais critérios utilizados pela comissão julgadora para escolha das empresas que participarão do evento foram o grau de inovação da startup, o modelo de negócio, o mapeamento do mercado argentino, a maturidade para internacionalização e a equipe.

As startups selecionadas são:

  • 4Hoofs
  • Belasis
  • CloudCRM Sistemas
  • Estante Mágica
  • Farmin
  • Hub2b
  • Lett Insights
  • LocalChef
  • Myleus Facility
  • Preamar
  • Reciclapac
  • Safe Trace
  • TNS Nanotecnologia
  • Tracksale
  • Verde Ghaia

Ao longo das próximas cinco semanas, os empreendedores passarão por um ciclo de aceleração envolvendo webinars com investidores e atores do ecossistema de inovação portenho, sessões individuais com mentores especializados em internacionalização e treinamento de pitch oferecido pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups). “Esta imersão vai ampliar e potencializar a atuação das startups brasileiras selecionadas a partir de uma iniciativa articulada e coordenada de vários atores do ecossistema brasileiro”, assinala a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes. A experiência dessa missão, ressalta Heloisa, vai favorecer o posicionamento dessas startups como empresas globais e, certamente, potencializando sua presença no mercado internacional”, assinala a diretora técnica do Sebrae, Heloísa Menezes.

Durante a missão a Buenos Aires, os participantes terão acesso a seminário de oportunidades com executivos de empresas brasileiras instaladas na Argentina e especialistas de mercado locais, rodada de serviços com prestadores para a expansão do seu negócio no mercado argentino, interação com empresas brasileiras maduras que estarão prospectando oportunidades de negócio em Buenos Aires, troca de experiências com empreendedores locais selecionados pelo governo argentino para participar de missão de startups para São Paulo, apoio na realização de reuniões com potenciais parceiros de negócios, workshop de expansão internacional, visitas a alguns dos principais atores do ecossistema de inovação argentino e um demoday para investidores argentinos.

Segundo a Diretora de Negócios da Apex-Brasil, Marcia Nejaim, a internacionalização de startups é um dos temas prioritários da Agência, alinhado com uma tendência mundial de negócios cada vez mais dinâmicos e que integram grandes e pequenas empresas na busca de inovação e novos modelos de negócios. “A ação articulada entre MDIC, Apex-Brasil, Sebrae e Anprotec potencializa os resultados da missão, uma vez que atores importantes do governo federal e da iniciativa privada estão atuando de forma coordenada e estruturada para apoiar a internacionalização das startups no ecossistema da Argentina”, avalia.

O programa é resultado da IV Reunião da Comissão de Produção e Comércio Brasil-Argentina, organizada pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e pelo Ministério de Produção da Argentina. A V reunião bilateral deverá ocorrer entre os dias 13 e 14 de setembro e pretende-se discutir o aprofundamento da iniciativa.

Para mais informações, acesse: www.inovativabrasil.com.br/argentina

Compartilhar