4 formas de garantir que seus clientes voltem

Os grandes resultados moram nos pequenos detalhes. Veja algumas dicas para aumentar a retenção de clientes.

Muito do que se fala em Marketing hoje em dia é focado unicamente na aquisição de novos consumidores. Sem dúvida é importante adquirir novos clientes, especialmente para empresas que estão começando e que precisam mostrar ao mercado e investidores que seu produto possui tração e que pode crescer. Porém, você nunca deveria subestimar o impacto que clientes recorrentes podem ter nas suas vendas. Estima-se que em média 43% da receita de uma empresa (dentre aquelas com alguma maturidade) venha de vendas de clientes recorrentes, mas, outros estudos apontam que empresas que dominaram a arte de trazer seus clientes de volta podem ter esse número próximo dos 80%.

Clientes satisfeitos estão sempre dispostos a gastar mais, você apenas precisa tratá-los da maneira correta para maximizar suas vendas. É exatamente por isso que ao longo desse texto vamos discutir alguns métodos que podem ajudar seu negócio a recapturar a atenção dos seus clientes, ou seja, vão ajudar seu negócio a trabalhar o relacionamento com o cliente da sua empresa.

Recompensas e programas de fidelidade

Clientes estão sempre mais propensos a gastar dinheiro em um produto se souberem que vão obter algo a mais com a compra. É por isso que clientes geralmente amam recompensas para serem fieis a marcas e/ou lojas.

Existem diversas formas de se fazer isso: algumas empresas oferecem uma quantidade de pontos a cada compra, outras oferecem descontos para clientes recorrentes e outras podem possuir produtos exclusivos e ofertas em primeira mão para seus melhores consumidores.

Outro ponto relevante de recompensar seus clientes fiéis é que sempre que ele faz uma compra em sua loja, ele deixa de fazer uma compra em seu concorrente. Ou seja, você não está apenas fazendo com que seu cliente faça compras recorrentes, mas, está garantindo que esse cliente não conheça outras lojas e comece a se afastar e se esquecer da sua marca. Segundo números publicados pelas Accessdevelopment em 2016, 74% dos consumidores que fazem parte de algum tipo de programa de fidelidade concordam que esse tipo de programa os faz comprar mais frequentemente com essa empresa.

Descontos

Se existe alguma coisa que é capaz de chamar a atenção do seu cliente, essa coisa é oferecer um desconto diferenciado ou uma oferta exclusiva. Um cliente que já comprou com você já conhece e provavelmente confia na sua marca, mas, muitas vezes eles precisam de um estímulo para consumar uma compra. Uma prova disso é que a grande maioria das pessoas realiza no mínimo uma compra no ano utilizado de algum tipo de cupom de desconto. Outra função importante de um bom desconto é de mudar o momento da compra do consumidor, ou seja, uma boa oferta pode fazer o cliente antecipar sua compra e gerar um faturamento extra para a empresa.

Além de todos os pontos citados anteriormente, desconto fazem os clientes mais satisfeitos, pois ao fazer uma compra com um preço barato, os clientes se sentem mais espertos e acabam obtendo uma satisfação maior com sua aquisição.

Melhor que um bom desconto? Somente ganhar algo sem custo. Seja um frete gratuito, uma amostra de um outro produto ou até uma oferta do tipo Leve 2, pague 1.

Mídias sociais

Nenhum outro canal oferece o feedback em tempo real e o senso de comunidade que as mídias sociais. A possibilidade de conversar e interagir com seus clientes é praticamente impossível com outros formatos de mídia. Além do mais, a maioria dos seus seguidores vão ser pessoas que já são seus clientes e que querem se manter atualizados sobre seu serviço e novidades do seu portfólio. É por isso que você pode e deve utilizar esse tipo de canal para conversar com seus clientes já existentes e tentar acertar seus interesses.

Mas, esse não é o único uso de mídias sociais, como dissemos anteriormente, as pessoas gostam do senso de comunidade que é oferecido nas mídias sociais. Algumas poucas empresas conseguem através das mídias sociais gerar engajamento e fomentar discussões em tópicos relacionados ao seu negócio.

E-mail marketing e mala direta

Mala direta é uma técnica que perdeu um pouco de sua relevância com o advento de novos formatos de mídia digital como o e-mail, mas, que continua sendo um canal eficiente para impactar usuários e transmitir mensagens. Apesar de serem complexo de serem enviados (especialmente se comparado com o envio de e-mail marketing), eles possuem uma “taxa de abertura” extremamente alta. Enquanto e-mails costumam ser abertos 20% das vezes, cartas possuem uma taxa de abertura bem maior.

Além de ser bastante impactante, a carta é um formato que chama atenção e desperta curiosidade no consumidor, obviamente, se esse formato for utilizado com cautela.

Porém, o envio de cartas costuma ser caro, demorado e consumir muito tempo. Nesse quesito o e-mail marketing é sensacional, pois ele permite alto nível de segmentação, rapidez no envio além do baixíssimo custo.

De maneira resumida, não se esqueça dos seus clientes atuais pois neles pode existir excelentes oportunidades de faturamento, talvez as melhores. Eles são mais fáceis de se converter pois confiam no seu negócio e possuem um interesse declarado anteriormente no seu produto/serviço.



Sobre o Autor: Kamil Guzdek
Profissional de marketing digital com experiência em SEO. Já atuou como gerente de SEO, copywriter e gerente de analytics. Trabalhou com grandes empresas na europa entre elas o Groupon e o British Council. kamil.guzdek@getresponse.com
Compartilhar