Startup acelerada no InovAtiva é premiada em evento na França

Startup foi acelerada InovAtiva em 2014 e de lá para cá tem conquistado mercados e prêmios

Na última terça-feira (12/12), a Piipee, recebeu uma grande premiação na França, dentro do programa Le Grand Prix de L’Innovation. A empresa gaúcha foi a primeira colocada na categoria Paris Living City Awards, voltada a startups estrangeiras, e recebeu a premiação de 12 mil euros. O evento reuniu os empreendedores mais renomados da capital francesa.

O Le Grand Prix de L’Innovation acontece desde 2001, organizado pela prefeitura de Paris juntamente com a incubadora Paris & CO. O objetivo é valorizar empresas inovadoras que se destacam em oito categorias: Indústrias Criativas, Energia e Mobilidade, Saúde e Bem-Estar, Transformação do Negócio, Móvel, Experiência Reinventada do Cliente, Impacto Social e Paris Living City Awards.

Ezequiel Vedana, CEO da Piipee, destaca a emoção ver o trabalho de sua empresa reconhecido internacionalmente. “Me senti representando o Brasil numa grande competição. Pude ver todo o esforço das pessoas que trabalham na Piippee sendo valorizado. E claro, estou muito feliz, fomos reconhecidos num evento internacional, ganhando em primeiro lugar. Não consigo descrever minha emoção”, comenta.

O CEO também associou a vitória no Le Grand Prix de L’Innovation a sua passagem pelo Inovativa Brasil. “Fomos acelerados pelo programa em 2014. Recebemos mentorias e pudemos melhorar nosso negócio. Tudo que nos foi ensinado colocamos em prática. Acredito que isso tenha influenciado nesta conquista, aqui na França”, destaca.

A Piipee surgiu em 2010, quando Ezequiel estudou o mercado e as alternativas possíveis para diminuir o consumo de água nas descargas. Segundo o empreendedor, engenheiros da Sabesp estimaram uma economia de cerca de 1 bilhão de litros de água a cada três dias caso o Piipee fosse instalado em todas as 6,4 milhões de residências da grande São Paulo.

A Piipee já participou do Shark Tank Brasil, do programa Accelerate 2030, em Genebra na Suíça. A Startup também foi representante do Brasil na COP21.

Compartilhar