Posts

Open InovAtiva reúne 184 participantes durante a Expotec em João Pessoa

Com objetivo de conectar agentes do ecossistema de startups a grandes organizações locais, nos dias 30, 31 de outubro e 01 de novembro participamos da 5ª edição da EXPOTEC – Exposição Científica, Tecnológica e Cultural – maior evento de tecnologia do Nordeste.

Organizada pelo Governo do Estado da Paraíba, ANID e parceiros como nós, do InovAtiva Brasil, a feira, reuniu diversos speakers da região para debater o tema “ A inteligência Artificial e o futuro do trabalho humano”. O evento teve como foco a promoção do desenvolvimento sustentável na Paraíba por meio da ciência, tecnologia e inovação.

Em um dos espaços da EXPOTEC, aconteceu simultaneamente o Open InovAtiva, que contou com 184 participantes entre empreendedores, empresários, investidores, mentores, líderes e agentes do programa e da região, para discutir sobre as tendências relacionadas aos programas de inovação abertos realizados por grandes empresas do Brasil e do Mundo que desejam inovar com o apoio das startups, de forma mais ágil e eficiente, conectando negócios.

Ainda durante a ocasião, a startup Incentiv.me, liderada por Douglas Nicolau, abordou a importância das grandes organizações utilizarem as leis de incentivo e trouxe insights relevantes para mostrar aos empreendedores como eles podem destinar parte dos seus impostos para a realização de programas de inovação aberta e investir em startups.

Construído em cima de três pilares essenciais para a evolução do ecossistema de startups – Inovação aberta, Abrangência e Tendência, nas próximas edições, queremos fomentar ainda mais a conexão entre essas pontas e disseminar o conceito de inovação e empreendedorismo por todo o país.

O que o networking pode agregar à sua startup?

Você já deve ter ouvido falar em networking e no quanto ele pode ser importante para o desenvolvimento da sua solução. Mas você sabe como fazê-lo de forma eficiente para que a sua startup se destaque no ecossistema em que ela está inserida e ainda consiga novas oportunidades de negócios?

Para criar uma rede de conexão eficaz não basta distribuir cartões de visitas e ter muitos contatos nas mídias sociais. Participar de eventos, marcar encontros presenciais com pessoas estratégicas e mostrar-se aberto a escutar o que o outro tem a dizer são algumas outras ações que auxiliam no processo de networking.

O InovAtiva Brasil ajuda os empreendedores neste aspecto realizando rodas de conversa, dinâmicas de grupo, reuniões com grandes empresas, encontros com investidores e treinamentos de pitch, além de conceber espaços para que as startups aceleradas pelo programa apresentem suas soluções aos seus públicos de interesse.

Outra possibilidade de conexão com outros agentes do ecossistema, as startups podem se estabelecer um coworkings e participar de palestras, conferências e cursos com maior frequência. É importante ressaltar que, para que o networking gere bons resultados, o startupeiro deve se ater a qualidade das relações e não a quantidade delas.

Após este primeiro contato, é importante que as duas partes mantenham a comunicação ativa, com trocas genuínas de conhecimento pessoal, para que as parcerias sejam vantajosas e duradoras. Esses relacionamentos tendem a influir na reputação da marca e ampliar a visão do empreendedor.

86 empresas conquistam visibilidade e conexões no maior programa de aceleração de startups da América Latina

São Paulo, julho de 2018 – Entre os dias 20 e 22 de julho, cerca 160 investidores, representantes de aceleradoras e executivos de grandes empresas, estiveram presentes no Bootcamp Nacional e Demoday InovAtiva Brasil 2019.1, realizado na Escola de Negócios do Sebrae, em São Paulo, para conhecer e se conectar com os negócios mais inovadores do país.

Nos dois primeiros dias, as 86 startups participantes receberam mentorias, participaram de palestras, fizeram networking e apresentaram seus pitchs para mentores especializados, recebendo feedbacks e sugestões de melhores. Tudo isso serviu de preparação para o Demoday, realizado no último dia, em que essas empresas tiveram a oportunidade de mostrar suas soluções a maior banca de investidores do país.

“Mudamos o formato do programa para que as startups que chegassem aqui já estivessem maduras e vendendo. Nesse primeiro ciclo de 2019, foram 732 projetos inscritos, 122 selecionados e fechamos esta edição com 86 empresas se apresentando para uma banca com mais investidores do que startups”, afirma Igor Nazareth, Subsecretário de Inovação do Ministério da Economia.

As empresas foram divididas em seis bancas de acordo com o seu ramo de atuação. Elas tiveram cinco minutos para apresentar seus pitchs e mais três minutos para responder as perguntas dos avaliadores. Ao final, foram escolhidas duas startups de cada banca como destaques do programa:

  • Banca 1: Educação, Indústria e Setor Financeiro – OrçaFascio, software de orçamento de obras do Amapá e Smart-Tech Controle e Automação, empresa do Paraná focada no desenvolvimento de produtos para a indústria;
  • Banca 2: Sistemas de Gestão – Meu Crediário, plataforma SaaS de gestão, análise de crédito e cobrança para varejistas alocada em Santa Catarina e MOB, solução de São Paulo para coleta e análise de dados online;
  • Banca 3: Entretenimento, Comunicações, Marketing e Mídia – LeadFinder, plataforma do Paraná que conecta empresas e seus prospects e Widgrid, plataforma para construção ágil e diagramação de múltiplos sites de qualquer porte no mesmo ambiente situada em São Paulo;
  • Banca 4: Saúde, Agronegócio e Energia – Cycor Cibernética, startup de saúde localizada no Paraná que desenvolve tecnologias para reabilitação com foco industrial e Prevention Adam Robo, empresa do Paraná que criou um aparelho e hardware que descobre problemas visuais refrativos em apenas cinco minutos;
  • Banca 5: Serviços de Logística, Comércio Eletrônico e Marketplace – Cheap2ship, plataforma de Santa Catarina que centraliza todas as cotações de frete em um único lugar e Prepi, startup de Pernambuco que oferece um serviço de e-commerce atrelado ao Instagram;
  • Banca 6: Cyber Security, IoT, Inteligência Artificial, Big Data e Chatbot – NoLeak Segurança da Informação, plataforma de autenticação contínua para evitar fraudes online com sede em São Paulo e Previsiown, plataforma digital do Rio de Janeiro desenvolvida para a coleta e análise de dados de veículos automotores.

De acordo com Michele de Souza, CEO da Cycor Cibernética, startup destaque na Banca 4, todo o processo do InovAtiva Brasil foi extremamente enriquecedor. “Nos dois primeiros dias de evento, conseguimos atingir o objetivo que queríamos, que era encontrar um parceiro para nos ajudar a resolver um problema de regulamentação com a Anvisa a respeito da licença do nosso equipamento. Então, ganhar o reconhecimento de destaque no programa foi muito além das minhas expectativas. Só tenho a agradecer ao InovAtiva”, comenta Michele.

Próxima edição

As empresas interessadas na próxima edição podem se inscrever no site do programa até o dia 29 de julho. Para participar é necessário que a startup esteja no estágio de operação ou tração e desenvolva soluções inovadoras e tecnológicas. Serão selecionados até 130 negócios, que receberão mentorias gratuitas e se conectarão aos maiores players de empreendedorismo do Brasil.

Sobre o InovAtiva Brasil

O InovAtiva Brasil é um programa gratuito de conexão e aceleração de negócios inovadores de qualquer setor e região do Brasil, realizado pelo Ministério da Economia e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com execução da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). O programa oferece mentorias, visibilidade às startups e conexão com investidores, grandes empresas e parceiros. Entre 2013 e 2018, mais de 2000 startups participaram do programa e cerca de 930 delas chegaram à fase de apresentar suas startups em bancas presenciais com investidores.

O que considerar na hora de escolher uma aceleradora de startups?

Segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), atualmente o país abriga cerca de 12.850 startups em seu território. Por esse motivo, as aceleradoras de startups têm se tornado essenciais para os empreendedores que almejam intensificar o ritmo de crescimento do seu negócio, visto que neles estão inclusos cursos de aprimoramento, mentorias, networking e contato com investidores.

Contudo, entrar em um programa de aceleração não é fácil! De acordo com a Anprotec, Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores, hoje existem 62 aceleradoras de startups em toda a extensão brasileira. Sabendo que elas aceleram cerca de 80 startups em cada um dos dois ciclos que realizam por ano e que um empreendedor participa, em média, de três programas por ano, temos quatro empresas competindo por uma vaga.

Por esse motivo, é preciso conhecer os programas de aceleração existentes, ver os que melhor podem atender a sua startup, ter claro o que deseja conquistar com este processo, e então se inscrever para os que podem proporcionar mais benefícios para o seu negócio.

Abaixo listamos alguns fatores que você deve levar em conta na hora de escolher uma aceleradora de startups:

  • Público alvo

Algumas aceleradoras são direcionadas a um segmento específico, como educação, saúde ou sustentabilidade. Fique atento para ver se o programa desejado abrange o seu ramo de atuação;

  • Localidade

Como o Brasil é um dos maiores países do mundo e suas aceleradoras estão espalhadas por toda a sua extensão, muitas delas são voltadas a empresas situadas na região em que esta está alocada. Consulte o site e redes sociais do programa para saber se esse é o caso do projeto que você deseja fazer parte;

  • Requisitos para inscrição

Faturamento, fase em que se encontra, número de funcionários, captação de recursos e validação dos produtos ou serviços são alguns dos pontos que podem ser levados em conta na hora de selecionar uma startup para a aceleração. Esses requisitos estarão explícitos no regulamento do programa. Por isso, leia atentamente e com calma essas instruções;

  • Investimento
    Existem programas de aceleração que conectam o empreendedor com potenciais investidores, parceiros e clientes, como é o caso do InovAtiva Brasil. Outros, investem determinada quantia em troca de uma porcentagem da empresa. Analise se a sua startup já está pronta para receber um investimento e se o seu foco, no momento, é receber um aporte ou fazer networking com uma rede de importantes agentes do ecossistema antes de realizar a sua inscrição;
  • Mentores

Quem são as pessoas convidadas a ajudar a alavancar o seu negócio? Executivos de grandes empresas? Empreendedores que aprenderam com os erros? Investidores? Cada programa tem uma rede própria de mentores. Saiba por quem ela é formada e se esses profissionais serão de grande valia para o seu negócio;

  • Benefícios para a startup

Outro quesito fundamental na escolha da aceleradora é o benefício que ela proporciona a sua empresa. Ela vai te fornecer um espaço físico para trabalhar? Gerar conexões? Abrir portas? Ajudar a aumentar a credibilidade e visibilidade do negócio? O que ela promete é o que você precisa no momento? Se sim, vá com tudo! Preencha o seu cadastro da melhor forma possível e boa sorte!

 

InovAtiva Brasil

Caso ainda esteja em dúvida sobre qual programa escolher, conheça um pouco do maior programa de aceleração de startups da América Latina. Destinado a startups em fase de operação e/ou tração que desenvolvam soluções inovadoras e tecnológicas, o InovAtiva Brasil é gratuito e aberto a negócios inovadores de qualquer setor e região do país.

O objetivo do programa é preparar as startups para se conectarem com investidores, grandes empresas e outros atores do ecossistema de empreendedorismo. As empresas interessadas podem se inscrever no site do InovAtiva até o dia 22 de julho.

Serão selecionadas até 130 startups para participar do ciclo de aceleração, no qual recebem mentorias individuais e coletivas com executivos de grandes empresas e investidores, além de conteúdos preparados para ajudar no desenvolvimento do negócio. Elas também terão a oportunidade de se conectar com outros empreendedores e grandes players do ecossistema.

inovativa@inovativabrasil.com.br