Posts

InovAtiva conecta ajuda 66 startups a se conectar com investidores e possíveis clientes

Encontrar investidores e clientes tem sido um grande desafio para startups que querem expandir seus negócios. Pensando nisso, o InovAtiva Brasil, em parceria com a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), desenvolveu o Demoday Online InovAtiva Conecta: Covid-19.

Na primeira fase do programa, 29 empresas inovadoras voltadas para as áreas de saúde e epidemiologia apresentaram suas soluções de combate ao novo coronavírus a mais de 800 espectadores, sendo eles investidores, executivos de grandes empresas e entusiastas que desejavam saber mais sobre as novidades do segmento.

Já a segunda etapa foi composta por 37 startups que oferecem produtos ou serviços para micro e pequenos empresários. Nos cinco dias de apresentações, os vídeos dos pitches superaram a marca de 1.4 mil visualizações. Dentre os desafios realizados, o que abordou Gestão de Pessoas e Trabalho Remoto foi o mais acessado.

Um dos participantes deste dia foi Vítor Filardo Vianna, Executivo de Contas na Qulture.Rocks Brasil, empresa que auxilia a destravar o potencial de colaboradores e empresas por meio de produtos de Gestão de Desempenho, ajudando no desenvolvimento, tomadas de decisão e práticas de liderança. Segundo ele, a iniciativa deu a oportunidade para a startup compartilhar o que tem a oferecer neste momento de incertezas e apresentou aos empreendedores outras soluções superinteressantes.

“Para a Qulture, especificamente, os resultados do Demoday virão a longo prazo, até porque a Gestão de Pessoas é um desafio para qualquer empresa, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Acho que o mais importante foi compartilhar um pouco da nossa missão e aprender com as demais empresas quais são as demandas do nicho de mercado que a gente atende e dos outros com os quais podemos pensar em atuar”, afirma Vianna.

Se você quiser ver os pitches do InovAtiva Conecta: Covid-19, acesse a nossa playlist no Youtube

Agora, se quiser conhecer um pouco mais sobre os participantes, entre em: http://www.inovativabrasil.com.br/coronavirus/.

InovAtiva Brasil realiza Demoday online “InovAtiva Conecta: Covid-19”

Buscando conectar startups healthtech que possuem soluções inovadoras para combater o novo coronavírus com instituições – públicas e privadas – envolvidas no enfrentamento à crise, na última quarta-feira (1º/04), o InovAtiva Brasil e a ABstartups realizaram o primeiro Demoday online “InovAtiva Conecta: Covid-19”.
O evento transmitiu ao vivo o pitch de 10 startups – Hilab, Testfy, eLoopz, FullDNA, Carefy, ePHealth, dev4us, Mindify, Triágil e Talent Academy.
As empresas foram selecionadas pela ABstartups a partir de quatro eixos de tecnologia sugeridos pela equipe técnica do Ministério da Saúde: tecnologias, métodos e soluções para testes rápidos; tecnologias para monitoramento de indivíduos infectados; atendimento remoto, telemedicina e telepsicologia; e promoção da saúde em quarentena.
Cada startup teve até três minutos para apresentar sua solução por meio de vídeos previamente gravados. Do outro lado da tela, estavam grandes empresas e potenciais investidores, além de representantes de órgãos como os Ministérios da Economia, Saúde, Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, BNDES, Embrapii, ABDI e Sebrae.
Assim que as apresentações se encerraram, os espectadores fizeram comentários e perguntas, que foram respondidas em tempo real.
O próximo demoday será realizado no dia 9 de abril, às 15h.
Para saber mais, acesse: http://www.inovativabrasil.com.br/coronavirus/
A importância dos Demoday
Muitas startups participam de programas de aceleração para alavancar seus negócios, obter suporte, realizar treinamentos e até mesmo conquistar investimento financeiro. Durante este processo, os empreendedores recebem mentorias e, ao final do programa, participam do Demoday, evento que marca o encerramento do ciclo de aceleração.
Nesta ocasião, os empreendedores têm a oportunidade de apresentar seu negócio, explicando seus produtos ou serviços, diferencial da startup, seu público alvo e o que precisa para a empresa continuar a evoluir. Este momento, chamado de pitch, é de extrema importância para o startupeiro, pois ele será assistido por investidores, representantes de grandes empresas e potenciais parceiros que podem oferecer o que ele necessita.
O tempo de apresentação geralmente é curto, então os expositores devem ser sucintos, fornecer as informações mais importantes sobre a sua startup, expor seu problema e, claro, se fazer entender. Além disso, ele deve estar preparado para as perguntas que os espectadores farão após o pitch.
Veja aqui dicas para montar seu pitch: http://conteudos.inovativabrasil.com.br/cursos-ebooks-gratuitos

86 empresas conquistam visibilidade e conexões no maior programa de aceleração de startups da América Latina

São Paulo, julho de 2018 – Entre os dias 20 e 22 de julho, cerca 160 investidores, representantes de aceleradoras e executivos de grandes empresas, estiveram presentes no Bootcamp Nacional e Demoday InovAtiva Brasil 2019.1, realizado na Escola de Negócios do Sebrae, em São Paulo, para conhecer e se conectar com os negócios mais inovadores do país.

Nos dois primeiros dias, as 86 startups participantes receberam mentorias, participaram de palestras, fizeram networking e apresentaram seus pitchs para mentores especializados, recebendo feedbacks e sugestões de melhores. Tudo isso serviu de preparação para o Demoday, realizado no último dia, em que essas empresas tiveram a oportunidade de mostrar suas soluções a maior banca de investidores do país.

“Mudamos o formato do programa para que as startups que chegassem aqui já estivessem maduras e vendendo. Nesse primeiro ciclo de 2019, foram 732 projetos inscritos, 122 selecionados e fechamos esta edição com 86 empresas se apresentando para uma banca com mais investidores do que startups”, afirma Igor Nazareth, Subsecretário de Inovação do Ministério da Economia.

As empresas foram divididas em seis bancas de acordo com o seu ramo de atuação. Elas tiveram cinco minutos para apresentar seus pitchs e mais três minutos para responder as perguntas dos avaliadores. Ao final, foram escolhidas duas startups de cada banca como destaques do programa:

  • Banca 1: Educação, Indústria e Setor Financeiro – OrçaFascio, software de orçamento de obras do Amapá e Smart-Tech Controle e Automação, empresa do Paraná focada no desenvolvimento de produtos para a indústria;
  • Banca 2: Sistemas de Gestão – Meu Crediário, plataforma SaaS de gestão, análise de crédito e cobrança para varejistas alocada em Santa Catarina e MOB, solução de São Paulo para coleta e análise de dados online;
  • Banca 3: Entretenimento, Comunicações, Marketing e Mídia – LeadFinder, plataforma do Paraná que conecta empresas e seus prospects e Widgrid, plataforma para construção ágil e diagramação de múltiplos sites de qualquer porte no mesmo ambiente situada em São Paulo;
  • Banca 4: Saúde, Agronegócio e Energia – Cycor Cibernética, startup de saúde localizada no Paraná que desenvolve tecnologias para reabilitação com foco industrial e Prevention Adam Robo, empresa do Paraná que criou um aparelho e hardware que descobre problemas visuais refrativos em apenas cinco minutos;
  • Banca 5: Serviços de Logística, Comércio Eletrônico e Marketplace – Cheap2ship, plataforma de Santa Catarina que centraliza todas as cotações de frete em um único lugar e Prepi, startup de Pernambuco que oferece um serviço de e-commerce atrelado ao Instagram;
  • Banca 6: Cyber Security, IoT, Inteligência Artificial, Big Data e Chatbot – NoLeak Segurança da Informação, plataforma de autenticação contínua para evitar fraudes online com sede em São Paulo e Previsiown, plataforma digital do Rio de Janeiro desenvolvida para a coleta e análise de dados de veículos automotores.

De acordo com Michele de Souza, CEO da Cycor Cibernética, startup destaque na Banca 4, todo o processo do InovAtiva Brasil foi extremamente enriquecedor. “Nos dois primeiros dias de evento, conseguimos atingir o objetivo que queríamos, que era encontrar um parceiro para nos ajudar a resolver um problema de regulamentação com a Anvisa a respeito da licença do nosso equipamento. Então, ganhar o reconhecimento de destaque no programa foi muito além das minhas expectativas. Só tenho a agradecer ao InovAtiva”, comenta Michele.

Próxima edição

As empresas interessadas na próxima edição podem se inscrever no site do programa até o dia 29 de julho. Para participar é necessário que a startup esteja no estágio de operação ou tração e desenvolva soluções inovadoras e tecnológicas. Serão selecionados até 130 negócios, que receberão mentorias gratuitas e se conectarão aos maiores players de empreendedorismo do Brasil.

Sobre o InovAtiva Brasil

O InovAtiva Brasil é um programa gratuito de conexão e aceleração de negócios inovadores de qualquer setor e região do Brasil, realizado pelo Ministério da Economia e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com execução da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). O programa oferece mentorias, visibilidade às startups e conexão com investidores, grandes empresas e parceiros. Entre 2013 e 2018, mais de 2000 startups participaram do programa e cerca de 930 delas chegaram à fase de apresentar suas startups em bancas presenciais com investidores.

Justto: Startup utiliza aporte de R$ 1 milhão para impulsionar seus serviços

Acelerada pelo Programa InovAtiva Brasil no segundo ciclo de 2016, a empresa Justto, especializada em arbitragem e conciliação jurídica online, recebeu no final do ano passado, um aporte de R$ 1 milhão de pessoa física e jurídica. A campeã do Desafio Like a Boss 1Up, é responsável por alguns dos maiores cases de redução de custos em departamentos jurídicos do Brasil.

Alexandre Viola, CEO da empresa, destaca o importância do investimento para as novas perspectivas da startup. “O aporte foi fundamental para o crescimento da empresa e conforme planejado, conseguimos aumentar o time para aprimorar o produto e escalar as vendas”, comenta.

Atualmente, as ferramentas da empresa são capazes de reduzir em até 50% os gastos com processos jurídicos de conciliação dos conflitos e garantem o retorno do investimento. Sob as as soluções oferecidas pela empresa estão: A Arbitranet, uma câmara de arbitragem que opera exclusivamente via internet com um procedimento extremamente simples, seguro, rápido. E o Acordo Fácil, um sistema online de negociação, capaz de conectar diretamente com a empresa para resolver o conflito. Esse já resolveu mais de cinco mil impasses fora da Justiça.

O empreendedor destaca ainda os planos pós-investimento. “Desde o investimento, temos um crescimento mensal médio de 30% ao mês e buscamos seguir para refinar nossa tecnologia de inteligência artificial”, acrescenta.

Para Alexandre, buscar indicadores positivos e validar o produto para não vender caro são quesitos primordiais antes de conseguir um bom investimento. Além disso, o CEO destaca a relevância de selecionar um bom investidor para o rumo da empresa. “O investidor tem que ter condições de agregar conhecimentos e experiência que a Startup não tem. Se o time é técnico, é necessário buscar investidores com experiência em vendas, administração e assim por diante. Dinheiro não é o bem mais valioso que um investidor pode e deve agregar. Precisamos apresentar mais para conseguir mais e foi isso que aprendemos a colocar em prática com a aceleração do InovAtiva”, encerra.

Demoday InovAtiva: ProntLife Pesquisa e Inovação em Gestão de Saúde

O ProntLife é um Prontuário Eletrônico Inteligente e customizável, que abrange Protocolos de Especialidades e Patologias, integrando dados clínicos e exames complementares, bem como fotos e exames do paciente. O usuário tem tudo disponível online, sem perder os exames, avaliações clínicas e até prescrições médicas. Isso tudo com usabilidade e acessibilidade em computadores, tablets e smartphones.

A empresa inova ao integrar o Prontuário eletrônico do Paciente (PEP) a protocolos clínicos inteligentes, assim oferece maior agilidade no trabalho médico por fazer uma hipótese diagnóstica. O ProntLife oferece todo protocolo desde exame físico, laboratório e imagem, tratamento e orientações após a alta, com especificações de cuidados integrada ao paciente, agora co-participativo. Permite ao paciente acesso a exames, avaliações clínicas e prescrições, e pode editar em casa seus sinais vitais, pressão arterial e níveis de glicose. Tudo numa nuvem segura, compartilhada com sua equipe médica credenciada.

Em 2016, a empresa foi acelerada pelo InovAtiva Brasil e ficou entre as empresas mais promissoras do mercado na atualidade. Para André Assis, CEO da startup, a aceleração InovAtiva foi necessária para colocar a empresa na direção correta. “Ordem é progresso. Há que se ter foco, terminar a tarefa do momento bem acabada, seja no MVP, planejamento financeiro ou de marketing, trabalho em equipe ou no lançamento de um produto”, comenta.

André ainda destaca a importância da capacitação e mentorias no engrandecimento de sua empresa. “Acima de tudo o foco é sempre a necessidade do cliente, não a vaidade de ‘minha ideia’. Inovar é servir melhor!”, encerra.

Destaque Demoday InovAtiva: startup Viajay aposta no segmento LGBT

Eleita como uma das 14 startups mais atraentes da segunda edição do Demoday InovAtiva 2016, a Viajay é uma plataforma similar a uma rede social de turismo e entretenimento para o público LGBT. Ao organizar e concentrar informações, a startup busca atrair não só o público local, como também o estrangeiro. Por isso, lançou recentemente o serviço em inglês, a recém-lançada Visitay.

Para Fernando Sandes, CEO e fundador da Viajay, a empresa surge em um momento de avanço da inovação e incentiva a criação de produtos segmentados para o público LGBT. “Foi analisando o cenário que decidi montar a empresa. Com o crescimento do turismo LGBT, vi que existia um potencial muito grande neste mercado. Além disso, temos uma iniciativa privada querendo se comunicar cada vez mais com o público e oferecer produtos e serviços de qualidade”, comenta.

Já estão disponíveis na plataforma dicas para capitais brasileiras, como Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, além de destinos internacionais como Estocolmo, Roma, Tel Aviv, Madri e Cuba. Para cada local há um guia completo do que fazer, onde fazer e, principalmente, a receptividade para o público LGBT nesses lugares.

O ano de 2016 foi de grande crescimento para a empresa que foi considerada uma das mais atraentes no último Demoday do ano. “A coroação no final do programa nos serviu como combustível para que o trabalho seja continuado e aumentado”, pondera.

INOVATIVA 2017 – As inscrições para o próximo ciclo de aceleração do InovAtiva encerram em 2o de fevereiro. Participe!

Segundo o fundador, participar do programa foi excelente, principalmente no quesito das mentorias. “Foi o InovAtiva que mudou bastante a nossa forma de ver o negócio, e, principalmente, a nossa comunicação. Por meio do programa, conseguimos adquirir esses conhecimentos e sair mais preparados para o mercado”, encerra.

E no final de 2016, lançaram uma nova plataforma em inglês, a Visitay, destinada ao público estrangeiro que deseja visitar o Brasil, com todo o conteúdo já disponível. Em breve, a empresa também irá lançar guias de intercâmbio, no qual pacotes friendly serão disponibilizados para cidades reconhecidas mundialmente pela aceitação LGBT. Isso tudo para oferecer uma experiência confortável e segura ao público.

Para conferir as novidades e os guias de viagens disponíveis na plataforma, basta acessar o site http://viajay.com.br/. Já para roteiros em inglês, para amigos no exterior, o endereço é http://visitay.com/.

Demoday InovAtiva: Plataforma para diagnósticos rápido de doenças

Eleita como o negócio de saúde mais atrativo aos olhos dos investidores no Demoday InovAtiva Brasil 2016.1, a empresa cearense Taquion Healthcare trabalha no desenvolvimento de dispositivos médico para diagnóstico rápido. Destaque nacional na categoria Saúde, Biotecnologia, Química e Agronegócio, a startup aposta em um biossensor que detecta doenças em um curto período de tempo através de uma única gota de sangue capilar.

Criada em 2012, a Taquion trabalha com uma plataforma flexível para exames oferecendo segurança, precisão de resultados e capacitação de profissionais da área de saúde, como afirma Gisele Antenor, co-fundadora da empresa. “Através de uma gota de sangue conseguimos diagnosticar doenças como Dengue, Zika, Hepatite B e C, Infarto, Viroses e outros. Um dos fatores importantes desse projeto é que o valor é bem mais em conta. Se um exame que fica pronto em dez custa R$400, na Taquion o mesmo exame sai em até 10 minutos ao custo de R$ 50,00. É uma economia de 87,5%”, explica.

O reconhecimento pelo trabalho desenvolvido veio durante a participação no programa InovAtiva Brasil, em que os empreendedores tiveram a oportunidade de apresentar o projeto aos investidores e saíram felizes com os resultados. Das 125 startups selecionadas para a segunda etapa, a Taquion ficou entre as 12 startups brasileiras mais atraentes para investimentos. “Participar do InovAtiva foi enriquecedor e mudou nossa visão de mercado. Nós apresentamos nosso projeto para os investidores e isso rendeu experiências incríveis. Ficar entre as 12 não é uma conquista só nossa. Quem ganha é a sociedade, pois queremos ajudar a solucionar uma lacuna antigo da área da saúde brasileira, comemora Gisele.

Agora, o objetivo da empresa é que o biossensor fique disponível para uso público em maio de 2018. Após todo o processo de aprendizado adquirido no InovAtiva, a startup começou a realizar algumas melhorias nos projetos, como os testes com a ANVISA, para adquirir o registro e colocar o produto no mercado. A medida que o produto for aceito, a Taquion quer também expandir o serviço para auxiliar no diagnóstico de outras doenças de interesse clínico e hospitalar. Nossa plataforma já está em seu quinto protótipo e todos os testes pré-clínicos foram realizados. Os próximos passos são melhorias no produto, estruturação na linha de fabricação e os testes clínicos para garantir o registro. Vai ser uma grande ajuda para a saúde do nosso país”, finaliza Gisele.

KlipBox recebe investimento de um dos anjos mais reconhecidos do mercado

O investidor-anjo João Kepler participou do Demoday InovAtiva do primeiro Ciclo de Aceleração de 2016, realizado em agosto, onde teve a oportunidade de assistir ao pitch de dezenas de startups em busca uma parceria para impulsionar os negócios. Na ocasião, conheceu os fundadores da KlipBox , uma empresa de monitoramento de notícias online. A conversa começou no evento e terminou em um investimento pela Bossa Nova Investimentos, empresa da qual Kepler está à frente atualmente. “Os empreendedores participaram do curso de modelagem financeira que eu ministrei e a partir daí começou a conversa que resultou em investimento e o início de uma parceria que com certeza renderá muitos bons frutos”, pontua Kepler.

A KlipBox é uma ferramenta de monitoramento de notícias online que ajuda seus clientes a se manterem atualizados sobre tudo o que está sendo dito online sobre sua empresa, seu mercado, concorrentes e/ou clientes importantes. A empresa realiza o monitoramento de mais de 20 mil fontes do mundo para que seus clientes fiquem sempre sabendo o que está acontecendo e sendo dito no Brasil e no mundo. Dante Sarmento, sócio-fundador da KlipBox, conta que o próximo passo é adotar ações para atração de mais leads e, consequentemente, que eles se convertam em novos clientes. A expectativa é, em seis meses, aumentar em dez vezes o valuation da startup. “O InovAtiva foi um passo muito importante pois tivemos a chance de validar muitas das nossas decisões e implementar melhorias. Isso só foi possível ao passar pela aceleração, sempre se dedicando muito a ela. O investimento acabou como uma consequência disso”, afirmou.

João Kepler destacou a importância do InovAtiva Brasil na conexão de startups com investidores. “Este é o resultado de iniciativas assim, é necessário promover encontros entre investidores e startups para que o ecossistema empreendedor se desenvolva com bases sólidas e de forma constante. Este ano o InovAtiva recebeu o dobro do número de inscrições de startups em relação a 2015, o que demonstra que os empreendedores já perceberam que eventos assim são uma excelente oportunidade para apresentar seus negócios e buscar novos parceiros e investidores”, explica Kepler. “Os números do negócio são bem expressivos: mais de 80 milhões de notícias indexadas, mais de 1.500 usuários e eles têm mais de 20 mil fontes de notícias. Além disso, a startup tem abrangência internacional, inteligência de mercado, análise de mídia e monitoramento em tempo real”, conclui o investidor.

InovAtiva Brasil divulga as 125 finalistas do segundo ciclo de aceleração de 2016

O InovAtiva Brasil anunciou nesta segunda-feira (17) a lista das 125 startups selecionadas para a segunda etapa do Ciclo de aceleração 2016.2. Nessa fase, as finalistas receberão mais sete semanas de mentoria e capacitação online, fechando com dois dias de treinamento intensivo antes do Demoday InovAtiva, em que apresentarão seus negócios na maior banca de startups do país, em dezembro.

O Secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Vinícius de Souza, destacou que este ano foi um divisor de águas para o programa pois, pela primeira vez, foram realizados dois ciclos de aceleração, dobrando a capacidade de empresas aceleradas. “O nosso desafio sempre foi realizar um programa em larga escala sem perder a qualidade das startups selecionadas. Isso garante o sucesso delas durante a conexão com os investidores e grandes empresas, que acontece nesta etapa final”, afirma.

Como ocorre desde 2014, o Demoday InovAtiva será realizado junto com a Conferência Nacional da Anjos do Brasil, no dia 5 de dezembro. Nos dias 3 e 4/12, sábado e domingo, o InovAtiva finaliza a preparação delas com mentorias individuais, treinamentos temáticos e simulação do pitch no Bootcamp final, que ocorrerá no Sebrae/SP. Co-realizador do programa desde o início de 2016, o Sebrae tem consultores que atuam como mentores, orientando esses novos empreendedores a estabelecerem seus negócios.  O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, destaca que os pequenos negócios possuem capacidade maior de inovar. “Não podemos esquecer que a criatividade está no pequeno negócio, pois o grande compra pronto”, afirma.

A região Sudeste teve o maior número de selecionadas (52), seguida das regiões Sul (43), Nordeste (14),Centro-Oeste (12) e Norte (4). Dezessete Estados estão representados na lista, com destaque para São Paulo (28 empresas), Santa Catarina (18), Minas Gerais (15), Rio Grande do Sul (13) e Paraná (12). A abrangência multissetorial das startups do InovAtiva foi novamente o destaque, com empresas de 17 segmentos distintos, com destaque para Tecnologia da Informação e Comunicação (45 startups selecionadas), Serviços (16), Agronegócio (10), Saúde (10), Educação (7), além de diversas áreas da indústria como Energia, Química, Automotivo, Bens de capital e Construção Civil.

Na avaliação de Leandro Carioni, diretor do Centro de Empreendedorismo Inovador da Fundação CERTI, a nova etapa da aceleração é a grande chance para as startups alcançarem investimentos, o que vai ajudá-las a conquistar o mercado. “Quase todas as startups já têm protótipo ou produto para oferecer ao público, mas apenas 30% declararam ter recebido algum investimento anteriormente”, ressalta. Outro destaque é que as startups finalistas desse ciclo também estão mais focadas em negócios com outras empresas, já que 70% atuam em B2B.

Entre os selecionados está o Sistema Olho do Dono, que utiliza câmeras 3D para realizar a pesagem do gado nos pastos. Para Pedro Henrique Mannato Coutinho, sócio-fundador da startup, as mentorias individuais e o Demoday vão abrir muitas portas para o projeto. “Vai ser uma oportunidade única de debater estratégias com mentores de alto nível e apresentar o sistema para investidores de um patamar que, até então, não tínhamos alcançado”, afirma. A solução desenvolvida pela startup otimiza tempo e recursos no processo de pesagem do boi e ainda auxilia o produtor na tomada de decisões como alimentação e momento de venda. “Hoje em dia, isso é feito de maneira demorada e por amostragem. Além disso, exige muita mão-de-obra e causa grande stress no animal, que pode chegar a perder peso. Nossa proposta é utilizar tecnologia de ponta para obter dados mais fieis, de maneira mais rápida e eficiente”, completa.

A lista completa das finalistas está disponível no link: http://www.inovativabrasil.com.br/lista-de-empresas-aprovadas-etapa-2-ciclo-2016-2/.

Confira alguns momentos do Bootcamp Final e Demoday InovAtiva Brasil – Ciclo 2016.1!

Aconteceu nos dias 27, 28 e 29 de agosto, em São Paulo, o Bootcamp Final e Demoday do primeiro Ciclo de aceleração do InovAtiva Brasil 2016!

Confira alguns momentos desse evento que reuniu 214 empreendedores, 115 startups e 117 investidores e mentores!

Mais informações sobre o programa InovAtiva Brasil em nosso site:www.inovativabrasil.com.br

Um programa de aceleração com capacitação de qualidade, mentorias nacionais e internacionais e muitas conexões com parceiros e investidores.

“O primeiro passo para qualquer startup do Brasil captar recursos e conquistar clientes”.

#InovAtivaBrasil #Startup #1cicloDeAceleração2016 #Capacitação#Mentoria #Investimento #BootcampFinal #Demoday#AMaiorBancadeStartupsdoBrasil

 

inovativa@inovativabrasil.com.br