Posts

Ferramentas que ajudam a estudar para o vestibular

Os dias dos temidos vestibulares estão chegando. Para ajudar os estudantes com os estudos, o InovAtiva Brasil preparou uma lista com algumas ferramentas que tornam o processo de aprendizado mais simples e divertido. Confira:

Studos

Criada para facilitar o acesso à educação e oferecer uma orientação de estudo mais eficiente para professores e alunos, a Studos criou ferramentas de apoio para otimizar os processos pedagógicos e melhorar o desemprenho dos alunos. Atualmente, a startup acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2015 já conta com mais de 12 milhões de questões resolvidas e mais de 600 mil usuários de todo Brasil em seu banco de dados.

Knowbook

O Knowbook é um aplicativo criado com o intuito de facilitar a organização, o armazenamento e o compartilhamento de conteúdos educacionais. Ele funciona como um caderno virtual colaborativo, em que usuários podem organizar informações por TAGs e compartilhar fotos, materiais em pdf e vídeos do YouTube. A startup foi acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2016.1.

Redação Online

A startup Redação Online, destaque no programa InovAtiva Brasil 2017.1, oferece uma plataforma digital e inovadora com profissionais especializados que corrigem as redações de alunos (B2C) e escolas (B2B), com os comentários específicos de cada exame, tutoria e preço acessível.

ENEM Game Premium

Para que os alunos aprendam brincando, a ENEM Game Premium, startup que foi destaque no programa InovAtiva Brasil 2017.1, desenvolveu um jogo educativo digital para estudantes do ensino médio se prepararem para a prova do ENEM. Ele cria um paradigma educacional, transformando a resolução de exercícios em uma atividade divertida por meio da gamificação do conteúdo. Assim, alia competitividade, interatividade, recompensas, motivação e adequação ao formato e aos canais de acesso do público alvo, aumentando o tempo de estudo em resolução de exercícios extra sala de aula, com consequente aumento da eficiência na aprendizagem.

Percurso

Outra ferramenta que auxilia na preparação para o ENEM e vestibulares é o Percurso, um preparatório via Internet. A startup acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2017.2 tem como objetivo atender milhões de estudantes com ensino de alta qualidade, serviços de monitoria online, simulados, correção de redação – tudo a custo muito baixo – por meio de assinaturas. Dessa forma, ela dá acesso aos vestibulandos que não têm condições, seja por sua localização geográfica, seja pela falta de condições financeiras, de preparação para um exame que determina sua entrada nas universidades.

Escolarize

O Escolarize fala de aluno para aluno, com temas personalizados e gamificação do processo de aprendizagem, fazendo com que o estudante aumente seu desempenho e engajamento, além de possibilitar o acompanhamento do desempenho dos alunos pelos professores. A empresa foi acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2018.2.

Redigir A+

A Redigir A+ auxilia no monitoramento de processos pedagógicos, garantindo rapidez de feedback, controle em tempo real de cada redação, além de imparcialidade nas avaliações (para maior eficiência na produção de diagnósticos). Presente em 39 instituições de ensino do Brasil, a startup, acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2019.1, já corrigiu mais de 200 mil redações.

Pontue

A Pontue é uma plataforma inteligente de ensino de redação para vestibulandos. Por meio de uma correção gravada em vídeo e de um plano de estudos personalizado, a startup acelerada pelo programa InovAtiva Brasil 2019.1 permite que o candidato se capacite para a prova de redação dos principais vestibulares do país. O estudante também pode acompanhar o próprio desenvolvimento com relatórios mensais, além de se aprimorar de forma direcionada, já que recebe um plano de estudos personalizado em cada correção.

Com essas plataformas e aplicativos, estudar fica muito mais prazeroso!

Ensino Médio terá formação mais voltada para o empreendedorismo

O mundo vem mudando, se tornando mais digital e tecnológico. Para acompanhar essas transformações, recentemente o Ministério da Educação (MEC) divulgou uma portaria que determina que, a partir de 2021, os estudantes de escolas públicas e privadas do Brasil terão a oportunidade de escolher quatro eixos estruturantes para aprofundar seus conhecimentos: empreendedorismo, investigação científica, processos criativos e mediação e intervenção sociocultural.

“Como o perfil do jovem está mudando, novas formas de ensino e novas disciplinas são muito bem-vindas para acompanhar todas as transformações e deixar nossos estudantes mais preparados para o futuro”, comenta Leandro Carioni, Diretor Executivo da Fundação Certi.

Orientada pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e visando igualar a educação pública com a particular, a intenção é que a reestruturação faça com que o Ensino Médio seja mais útil, adequado e prazeroso para os jovens, independente da carreira que eles pretendam seguir.

De acordo com esta nova norma, em um Ensino Médio formado por cinco horas diárias de aulas, 60% dos três anos de formação serão destinados a um dos eixos propostos na portaria (empreendedorismo, a investigação científica, os processos criativos e a mediação e intervenção sociocultural). Os 40% restantes são destinados a intensificação dos estudos em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico, de acordo com a escolha do aluno.

Com essa mudança, o objetivo é que os estudantes passem a deixar a escola já instruídos sobre como criar o próprio negócio e sabendo mediar conflitos e propor soluções para problemas socioculturais e ambientais identificados em suas comunidades. Eles poderão aprender sobre empreendedorismo, por exemplo, em um curso técnico de informática.

Além disso, até 20% das aulas matutinas e vespertinas e até 30% das aulas noturnas poderão ser realizadas à distância. Os estados vão dialogar com os municípios para verificar os segmentos com maior índice de empregabilidade em cada cidade para ajudar os estudantes a deixarem o colégio já empregados.

Assim, aplicando o que há de mais moderno no contexto de educação, os estudantes sairão da escola sabendo propor soluções para suas comunidades, um futuro mais promissor.

Para mais informações sobre o assunto, consulte o site.

inovativa@inovativabrasil.com.br